O início

Em pleno verão de 1994, nasci numa aldeia do interior, no Alentejo. Deviam estar uns 40ºC. Cresci a ouvir os pássaros e os galos a cantar de manhã, a correr pelos montes e pular as vedações. Levantava-me cedo para ver as Navegantes da Lua e a Rua Sésamo, enquanto o Chocapic estatelava na minha boca. Brincava na rua com as outras crianças, mais novas e mais velhas, todos nos conhecíamos. Jogávamos à bola na rua, subíamos às árvores, brincávamos ao berlinde e à apanhada.

Foi o que considero uma infância feliz e inocente. Ali crescemos no devido tempo, sem pressas.


Anos depois entrei para a Universidade do Algarve para tirar uma licenciatura que, inacreditavelmente, já está a terminar.

Sejam bem-vindos!

Sem comentários:

Enviar um comentário