Devemos aceitar refugiadas com burka?



Esta foi a questão colocada por Henrique Raposo num artigo escrito para o Expresso.

"Não foi preciso ligar o som para ficar incomodado: uma menina, rapariga ou mulher estava completamente coberta por uma burka negra que só lhe destapava o branco dos olhos. Não dava para ver se era menina, rapariga ou mulher, mas era claro que estava ali uma pessoa humilhada por uma peça de vestuário que a coloca numa condição de abjeta inferioridade.

Aquela burka representa algo que nós não podemos aceitar na nossa terra: aquela mulher não é considerada pelo marido ou pai como uma cidadã (a face pública), é apenas mulher ou filha (a face privada). Lamento, mas isto é inaceitável. Sim, há que acolher. Sim, há que mostrar misericórdia, mas há um momento em que a misericórdia passa a ser cobardia perante o relativismo que diz"ah, isso é a cultura deles". Seja ou não a sua cultura, uma mulher não pode andar tapada da cabeça aos pés no meu país."

É apenas um pequeno excerto da publicação, mas diz tudo o que penso. O facto de sermos solidários perante quem foi obrigado a deixar o seu país devido ao ambiente de guerra que lá se vive, acolhendo-os e integrando-os no nosso país, na nossa sociedade, não nos leva a aceitar certas coisas que até podem estar cimentadas na cultura deles, mas na nossa é impensável.

O uso da burka, na minha opinião, é um símbolo de opressão das mulheres. E se durante anos lutou-se, e luta-se, pelos direitos das mulheres, então estas famílias deverão respeitar tudo o que já se conquistou na nossa sociedade. Se é cultura deles uma mulher ter que andar tapada da cabeça aos pés, não poder conduzir, não poder sair de casa sem o marido, não é no meu país.

3 comentários:

  1. Pois eu adorei este Texto! Já tinha lido e penso exactamente igual...!
    Se é cultural ou não, quando vamos para outro País que não é o nosso apenas temos de respeitar as tradições, costumes! Está em PT? Tira a burka por favor pois não concordamos com o significado da mesma...
    Boa partilha...
    Beijinho*
    MR<3
    @sagadaemigracao

    ResponderEliminar
  2. Sou da mesma opinião que tu, sinceramente :)

    ResponderEliminar
  3. São questões muito sensíveis... É muito difícil emitir uma opinião. Mas de facto, quando uma mulher ocidental vai a um daqueles países tem de adotar os costumes deles e vestir-se em conformidade. Quando eles vêm aos países ocidentais deveriam também respeitar os nossos costumes. Mas na verdade não é isso que acontece.
    Beijinho
    http://newblackis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar