OBRIGADA!


Entretanto passaram 8 meses. Entretanto deixei de ser estagiária, deixei de ter aquele friozinho na barriga cada vez que me pediam para fazer algo que nunca tinha feito ou quando aumentavam as minhas responsabilidades, e aquela sensação de dever cumprido quando elogiavam o meu trabalho. Como é que isto tudo passou tão rápido?

Durante 8 meses conheci a profissão (tão pouco e mal reconhecida!) que escolhi há 4 anos. Fui acompanhada por pessoas fantásticas e, acima de tudo, excelentes profissionais, que apesar de verem há anos as suas carreiras congeladas sem qualquer progressão e ainda serem vistos pelos médicos como uma espécie de "empregados" destes, continuam a lutar pela profissão e a gostar daquilo que fazem diariamente. Sejamos sinceros, os médicos são importantes, os enfermeiros também, mas será que algum diagnóstico se faria com tanta certeza se não fossem as benditas análises?

Aprendi que esta luta também será minha. Temos capacidades que, infelizmente, não são aproveitadas de todo. Há tanta coisa por mudar, tanta, tanta!

Todos me dizem "boa sorte para a próxima grande etapa". Eu acredito que será bem grande.

Fotografia da minha autoria, não utilizar sem autorização prévia.

Sem comentários:

Enviar um comentário