Desafio | Três defeitos e três qualidades


(Muito) ansiosa. Sou capaz de ficar noites inteiras sem fechar os olhos a pensar sempre nos piores cenários de qualquer problema. Faz-me pensar sempre mais no futuro do que deveria, que vai tudo acabar mal, que não vou conseguir atingir qualquer que seja o objetivo. De dia, costumo ter outra visão obre as coisas, mais positiva, segura. Esta coisa da ansiedade deve ter um cronómetro circadiano.

Teimosa. Costumo levar sempre a melhor a minha opinião do que a das pessoas que me rodeiam. Normalmente faço as minhas escolhas com o pensamento "como quero, onde quero" e, quando ateimo mesmo, é porque há um sentido qualquer que nós mulheres devemos ter a mais, que me diz que apesar de me dizerem que está errado, é o caminho mais acertado. Aí a teimosia atinge outro nível. Mudar de opinião também é difícil para mim, porque só costumo aceitar outra solução quando me explicam A por B que a minha está errada. Hoje em dia já tento controlar mais este meu feitio, mas aliado à minha tremenda falta de paciência e ao orgulho que por vezes aparece, é algo terrível... eu sei.

Sem papas na língua. Muito sinceramente irrita-me ser assim. Mas o que tenho a dizer digo na hora e muitas vezes sem pensar, o que é péssimo pois quando falo demais vou certamente magoar alguém. O peso das palavras por vezes magoa mais do que qualquer agressão física. E, infelizmente, a tendência é sempre magoar que mais gostamos.

Interessada. Curiosa. Por quase tudo com que me deparo no meu quotidiano. Se não sei, pesquiso. Se sei, pesquiso mais. Seja sobre saúde, história, cultura... qualquer coisa. Ignorante é que não.

Consigo colocar-me no lugar dos outros. E talvez essa seja mesmo uma grande virtude. Se existe um problema, e não necessariamente comigo, consigo colocar-me, na maior parte das vezes, no lugar das pessoas envolvidas, saber como agiria se estivesse nessa situação e qual seria para mim a melhor maneira de resolver. Por vezes, consigo dar uma outra visão às pessoas que altera a forma como encaram o problema. E para isto eu esforço-me, gosto de ver as pessoas que me rodeiam bem.

Há solução para tudo. Sempre ouvi dizer que há solução para tudo menos para a má língua, e eu acredito nisso como se fosse uma verdade (quase) absoluta. Se o plano A não resulta, vamos ao B, C, D... Para cada situação tem de haver, pelo menos, uma solução.

#SevenDaysOfMe

1 comentário:

  1. Olaaa :)
    Que post mais fofooo!
    Ansiosa e teimosa são os meus nomes do meio ahahahah Já estou melhor desde que comecei o meu curso de Reiki 💓

    Sucesso!



    Beijokitaz

    ResponderEliminar