Cinema | Lady Bird


Em 2002, Christine McPherson, que se auto-rebatizou de "Lady Bird" é uma adolescente típica de 17 anos com o sonho de ir estudar para Nova Iorque. Vive com a sua família em Sacramento, uma cidade da California, nos Estados Unidos. Estuda numa escola católica na cidade, onde não tem muitos amigos e, em casa, anda sempre às turras com a mãe, uma mulher controladora, pouco dada a sentimentos e que passa a maior parte do dia a trabalhar para compensar o desemprego do marido, pai de Christine.

É uma história já muito utilizada em diversos filmes, no entanto, esta não é caracterizada como sendo comum, uma vez que não se debruça no "o quê" mas no "como", como luta pelo seu sonho. Com a evolução da história, acompanhamos o crescimento da Lady Bird, desde que se escondia a comer hóstias com a sua amiga, às companhias menos boas, até compreendemos porque é que a mãe é tão dura com ela.

Eu, muito sinceramente, gostei do filme. Apesar de ser aquela história mais que batida, é sobre sonhos, sobre luta, sobre como alcança-los. Num dos anos anteriores não o imaginaria como candidato a Melhor Filme dos Oscars, mas já que este ano está tudo assim para o morno...

2 comentários:

  1. Este filme aqui há tempos despertou-me curiosidade, mas agora não sei, sinto que não vou gostar lá muito. Ainda assim, um dia destes vou dar-lhe uma oportunidade :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não o vi com as expectativas muito altas...

      Eliminar